Neve


Neve

Nas altitudes,
O lençol branco já começou
A cobrir os declives
Das tuas montanhas.
Em breve,
Descerá até aos vales
Para os vestir com o teu véu.
Flocos oferecidos pelo céu
Cairão sobre o verde
Para deixar as paisagens
Desbotadas de gelo.
Se o edelvais ainda floresce
Nos cumes,
É para melhor lembrar aos homens
Os ciúmes
Que sentem pela pureza
Do manto que te esconde.
Se as nuvens forem generosas,
Haverá quem te visite.
Crianças construirão, vaidosas,
Figuras humanas com o teu corpo,
Gritando através das tuas encostas
A felicidade de ter ver de volta.
O frio entorpecerá os corpos,
Adormecerá a alma do teu povo.
Até abril.
Quando o calor voltar novamente,
Para te derreter em riachos,
Que atravessarão, com fraca corrente,
Os caminhos cavados pelo tempo.
Para limpar,
Lentamente,
O que sobrará de ti.

    dm
Advertisements
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

17 respostas a Neve

  1. Gosto demais de sol, calor , mar… Mas ao ler o seu poema até desejei estar em meio a neve.

  2. Oi Dulce, que lindo poema. Imergi totalmente nele. Abraço.

  3. jjcruz diz:

    "Crianças construirão, vaidosas, figuras humanas com teu corpo". E pensar que você fala do frio! Daquela beleza austera! Você é divina nas suas colocações! Um domínio muito peculiar do uso da metáfora. Parabéns, poeta. Um abraço.

  4. Oh que poema tão maravilhoso Dulce :)E que neve caía e pinte de branco as nossas vidas :)Beijito*

  5. MARILENE diz:

    Descreveu, maravilhosamente, a estação que a traz, assim como seu encanto. Bjs.

  6. Dulce, bela descrição poética da evolução do ciclo da neve.BjsManoel

  7. Que lindo este poema! Neve… Ainda vou conhecer e sentir sua textura e ver sua brancura. Quem sabe um dia, apesar de esta acostumada em viver no calor nordestino, possa ter essa alegria. Belas e ternas tuas palavras. Parabéns!

  8. Apesar de trazer a neve, meu coração se sente agora aquecido com tanta beleza.Divino poema.Parabéns Dulce.

  9. Para um tropical coração fica um tanto difícil entender o poema que até que trouxe uma ponta de um frio imenso… sinceramente, não consigo conceber viver em um lugar extraordinariamente lindo assim e tão bem descrito, em que pese a volta do sol de abril, não se conseguiria suportar tanto tempo de espera. No entanto, havendo amor a gente suporta tudo.

  10. Isa E. diz:

    Minha querida amiga…Como as suas palavras me emocionam, sempre!Penso, muitas vezes, que você tem alguma força parecida com essa que descreveu no poema…Força natural que sabe o momento certo de ser neve ou água…Belíssimo, Dulce!Muitos beijos

  11. Belíssima leitura de uma das mais belas mudanças de estações que a natureza nos proporciona.Sempre bom!

  12. So o fato de sentir o q descreveste do inverno europeu, eu lhe digo Dulce, é bom de ser visto de longe, pois, o inverno daqui já me deixa entristecido. Bjos e um finde iluminado.

  13. meu toque diz:

    Hoje você é neve, diz como se ela tivesse dito pra ti.

  14. Que linda paisagem de neve que vocês desfrutarão! lindos versos que para nós se reveste de desejo nostálgico de um mundo mágico em suas fantasias de paisagens .Um abraço

  15. Que lindo esse teu poema minha querida! Encerrou com toda beleza nos versos a incrível trajetória do inverno. O Final ficou perfeito! Gr. bj linda!

  16. Ternurento e sensual….mt bom!!

Obrigada pelo vosso comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s