A Solução – Capítulo II

Lady in Red por Denilce Luca http://dnlucaliveart.blogspot.com

A Solução – Capítulo II

(clique aqui para ler o capítulo I)

Tinham vivido cinco anos juntos, partilhando o mesmo apartamento, os mesmos lazeres, a mesma – ou assim o tinha pensado – visão de um futuro comum. Agora, nada sobrava desses anos de partilha e cumplicidade, nem mesmo o respeito que se prometeram tantas vezes desde o início da relação. O respeito tinha perdido o sentido quando ela descobriu que ele tinha uma relação há mais de um ano, com uma mulher conhecida durante uma das suas inúmeras viagens de negócio. Nenhum indicio tinha deixado suspeitas. Quando Gabriela encontrou fotografias de outra mulher no computador dele, demorou tempo a admitir a possibilidade que poderia ser uma amante. Pensou em todas as hipóteses, passou em revista todas as desculpas, até finalmente admitir que havia algo estranho. No entanto, não o confrontou, nem mesmo tentou elucidar a questão. Esperou que algo mais acontecesse.

Como se o destino estivesse assim escrito, que nunca é dado um só elemento de um mistério, ou um só objeto de dúvida, o evento seguinte sucedeu apenas dois dias após a descoberta das fotografias. Ele estava no chuveiro. O dia tinha sido longo. O telemóvel dele fizera aquele ruído que ela detestava, mas que ele adorava, de uma trompete com dor de garganta, que anunciava que uma mensagem tinha sido recebida. Mostrando a sua solicitude habitual, Gabriela tinha entrado na casa de banho com o telefone na mão, dizendo:

– Recebeste uma mensagem. Deixo aqui o telefone.
– Vê lá quem é! Se calhar é o trabalho e ainda tenho alguma situação para resolver.

Assim foi feito. Os dedos de Gabriela passearam pelo teclado do aparelho até abrirem a dita mensagem: “Querido, não respondeste. Encontramo-nos amanhã? Em que hotel reservaste?” O tempo suspendeu-se. Se podia existir alguma dúvida depois das fotografias no computador, não existia agora nenhuma de que ele tinha uma relação com outra mulher. Gabriela não gritou nem chorou. Uma vez o primeiro minuto de paralisia passado, acordou enfim para ouvir a voz de Roberto insistir:

– Então? O que é que eles querem?

A resposta foi automática. Instintiva.

– Eles não querem nada. Ela quer saber em que hotel reservaste para o vosso encontro. Eu quero saber a que morada deverei encaminhar o teu correio a partir de amanhã de manhã.

continua
Dulce Morais

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

20 respostas a A Solução – Capítulo II

  1. Dulce, a situação começa a "pegar fogo". Traição normalmente é sinal de um final de relacionamento. Muito boa a estória. Prende bastante a gente.BeijosManoel

  2. contos de amores e paixõessempre mexem com nossos coraçõesmui dramático o enredo e o fim do dramaaté eu e meu camaleãoque não acreditamos nessascoisasnos envolvemospra mim o que me deixou felizfoi de você ser uma boacontistaquase uma novelaamei. Luiz Alfredo – poeta

  3. Minha queridaEu teria dado a mesma resposta, é muito duro saber que fomos traídas, vamos ver a continuação se perdoa ou não.Um beijinho com carinhoSonhadora

  4. Dulce, essa mulher não tem sangue latino, ou então vc está nos reservando uma supresa. Bjos e bom finde.

  5. Agora a curiosidade vai matar…o que será que ele ira responder?bem, deixo nas maos de autora tão criativa como Dulce.Pois é, tão dificil hoje em dia existir uma separação amigável, as pessoas esquecem o quanto foram felizes um dia com a pessoa que hoj desprezam.Espero que ela encontre a soluçao e que não sofra tanto para encontra-la.Bjos e abraços, até mais Dulce querida!

  6. Márcia V. diz:

    Depois deste capitulo espero com mais ansiedade pelo proximo.Amei a resposta dela,muito bom.

  7. Fui lendo e imagina que ela não falaria da mensagem assim como não falou das fotos… Beijos querida!

  8. Nossa, ela foi direta na resposta, rsrs

  9. Acompanhando e esperando pelo próximo capítulo, Dulce. Na literatura, como na vida, os fatos estão nas mãos do autor!

  10. Malu Silva diz:

    O tempo vivido, quando acontece algo assim, não importa… talvez se passe a agir com estranha que é o que a situação pede…Estou gostando…

  11. Cinco anos, um ano, dez… todos o tempo é esquecido quando nos descobrimos traídos… Me conhecendo como conheço, mesmo num momento tão crucial e dolorido (embora morrendo por dentro), teria tomado a mesma atitude que ela, com relação a mensagem. Aguardo ansiosa o próximo capítulo. Lindo final de semana amiga linda. Bjus

  12. Evanir diz:

    Estamos a poucos Dias do Natalagradeço seu carinho no decorrer de mais um ano ,que esta chegando ao Fim.Só tenho que agradecer a Deus por sua amizade,agradecer acima de tudo Deus por ter preservado minha vida por mais um ano.Em meio a tantos obstáculos passando por cada um deles movida pela fé e esperança de Dias melhores.E para encerrar o Ano com chave de ouro coloquei mais um livro em sorteio no meu blog.Para participar basta ser seguidor colocar o selinho de participação que esta na postagem do meu blogmanter seu blog atualizado pelo menos 8 dias no Dia do sorteio.Conto com sua participação.Uma abençoado final de semana beijos no coração,Evanir.. Mesmo sendo de outro Pais todos terão o direito de participar,pois todos são amizades que respeito e amo de coração.

  13. Elisa Bete diz:

    Adorei a resposta, mulher inteligente e sensata! De qualquer forma, quem tinha a "batata quente" era ele, não ela. Se fosse comigo, como sou temperamental, ele saía de casa com uns bons arranhões no rosto e não regressava mais :))Beijinhos Dulce e um doce fim de semana.Elisabete

  14. edumanes diz:

    Juntos vividos cinco anosPartilhado o mesmo apartamento Na cumplicidade de enganosDe amor felicidade e sofrimento?Bom fim de semana para você,Com muita felicidade e nada de sofrimento.Um beijinhoEduardo.

  15. tendo em conta o que ela descobriu a resposta foi demais!!! Imagino-a calma por fora mas por dentro em explosão a dizer aquilo!!Mulher de caráter!!Estou ansiosa pela continuação

  16. A contar pela indignação que ela sofreu, teria mesmo que ser implacável em sua resposta.Mas vamos ver se haverá reconciliação no futuro. Estou ansiosa para ler.Está ficando empolgante…

  17. Oi, Dulce, a menina está em estado de choque ou é radicalmente inglesa ? (rs)Um abraço P.S. que não demore o terceiro capítulo

  18. cimatti diz:

    Gostei da solução que ela deu pro problema.

  19. eletrizante,mas arrisco dizer que homem sera perdoado…

  20. Um nó na garganta…

Obrigada pelo vosso comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s