Alada


Alada

Um sopro suave tocou o meu rosto.
Chamou-me para uma viagem eterna
Com partida imediata
No teu dorso empoleirada.
Na voz que ecoava confiei:
A ti o meu ser entreguei.

Senti a doçura das penas na minha pele,
No ar que batia levemente no meu peito.
Derramei sobre o papel sangue azul
Com uma pluma arrancada às tuas asas
Carregada de cada sentimento,
Molhada à tinta da tua essência.

Não é mel que cola entre elas as penas
Das asas que ofereces a minh’alma:
De Ícaro evitaste o engano.
É com linha de palavras,
Entrelaçada em versos apertados,
Que uniste cada pedaço de pena
Às asas feitas de magia.

Contigo voo até ao sol
E nada há a temer.
Das galaxias longínquas recebo a melodia
E dela me inspiro cada dia.
Dulce Mor@is
Advertisements
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

15 respostas a Alada

  1. Bela poesia…Espectacular….Cumprimentos

  2. um voo sereno de sentimentos, certezasgostei muito.beijo

  3. Dulce,As palavras em versos são capazes de alar nossa alma e fazê-la voar. Tua poesia é sempre tão pungente e profunda! Amei mais uma vez. Gr. Bj.!

  4. Que bela imagem você criou, Dulce!

  5. V.B. Mello diz:

    Inspirador, simples assim.

  6. Nesse enlace poético e nas asas da inspiração você encontrou a dimensão do Eterno, onde moram todas as almas.Linda melodia!Um abraço

  7. Toninho diz:

    Lindissima inspiração nesta entrega ao sonho sem medo de ser feliz.Aplausos Dulce.Meu abraço de paz e luz.

  8. Isa Lisboa diz:

    Que bom que é, fazer um voo assim, em asas tão fortes…! :)Beijinho, DulceIsa Lisboa => Instantâneos a preto e branco => Os dias em que olho o Mundo => Pense fora da caixa

  9. Fiz um voo inspirado através das tuas palavras. Leves como penas, profundas como sangue.Belíssimo.BeijinhoRuthia d'O Berço do Mundo

  10. Um poema repleto de lirismo.Parabéns.

  11. Pérola diz:

    E com asas voo nestas palavras sublimes.Beijos

  12. "O amor deve ser liberto como um pássaro que voa para longe com o seu bando ao adormecer do dia."Beijo.

  13. Ailime diz:

    Belíssimo poema, Dulce. Que esse voo e melodia continuem a envolvê-la, sempre. Beijinhos Ailime

Obrigada pelo vosso comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s