Ausências

Foto: Brian Carter

Foto: Brian Carter

Ausências

Silenciosas
Ecoam no espaço
Como gritos no deserto.

Ligeiras
Pesam na balança
Do peito que se afasta.

Eternas
Gravam-se no tempo
Como uma tatuagem colorida.

Transparentes
Guardam o mistério
Entre as páginas da vida.

Dulce Morais

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas . ligação permanente.

5 respostas a Ausências

  1. A ausência da explicação, do sentimento, da presença retratam momentos na vida de todos. Eu continuo a preferir respostas. mas geralmente não as tenho. Preferível deixar como mistérios de páginas já viradas. Belíssimo Dulce. Abraços.

  2. Beni Chauque (Moz) diz:

    De facto … se parece mais com uma breve eternidade. Forca Dulce

  3. É assim mesmo que se sentem as ausências, se bem que elas não são necessariamente eternas. Há ausências que felizmente se ultrapassam e ficam lá, no passado.

  4. Claudiane diz:

    Ausência sempre gritante e pesada no início e dependendo tornam -se eternas .
    “Guardam o mistério entre as páginas da vida”
    Bjs.

  5. Isa Lisboa diz:

    São tudo isso, as ausências… E um dia tornam-se também recordação…
    um beijinho

Obrigada pelo vosso comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s