Caminhos e passos

Arte: LS Lowry

Arte: LS Lowry

Caminhos e passos

Corres
Atrás do tempo e da vida,
como se o passado te perseguisse
e que o mundo te deixasse
apenas a energia desses passos.

Sonhas
em realizações falhadas,
em tentativas nunca esboçadas,
como se o arrependimento ficasse
para sempre guardado na memória.

Corres
Porque esqueceste de pensar,
de acordar a tempo ou de adormecer,
porque é mais fácil correr que parar
para olhar-te no espelho da vida.

Dormes
Mesmo quando corres assim,
mesmo quando pensas viver.
Sem sentir é mais cómodo avançar.
O medo te torce a alma.

E quando enfim terminares
a corrida que terá preenchido a vida,
despertarás à luz
e saberás que tudo está perdido.

Amargo te tornarás
para fazer correr os outros
e pagarem o que tu não cumpriste.

Não vês tu, ó cego, que a paragem é necessária?
Abre os olhos e alma!
Escuta a melodia da vida
antes que a amargura te preencha.

Acolhe a luz de cada dia
como se amanhã não existisse.
E se o tempo te for contado,
faz as escolhas que te dita o peito.

Esquece a formatação das tuas pernas;
elas não foram feitas para correr,
mas para o caminho percorrer.

Dulce Morais

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas . ligação permanente.

36 respostas a Caminhos e passos

  1. maristela diz:

    Muito lindo seu poema!

  2. Magnífico poema. Doce como uma canção. Muita luz e paz. Beijo no co
    ração.

  3. Clau Assi diz:

    Dulce, que leitura deliciosa acabas de me proporcionar! teu espaço é um encanto!! Voltarei muitas e muitas vezes.

    Beijo ternurento

  4. Ruthi diz:

    Assim é esta vida contemporânea, de bulício e barulho tais, que nos impedem de ouvir a própria alma fatigada. Belo poema, forte e tempestivo, what a wake up call!
    Beijinho, um doce restinho de semana
    Ruthia d’O Berço do Mundo

    P.S. O seu deasfio não está esquecido. Será logo após terminar a série de posts sobre a Madeira

    • Ruthia,
      O wake up call é bem modesto 🙂
      É apenas uma reflexão inspirada pela correria que eu também (infelizmente) pratico…
      Beijinhos e uma Páscoa feliz!

      PS: Tome todo o tempo que desejar para o desafio!

  5. Meri Pellens diz:

    Uau!! Na veia! Tocou-me muito.
    Bjs… MP.

  6. Mas bah. Bom de chorar num cantinho

  7. Vanessa diz:

    Como sempre um poema maravilhoso!
    E que grande verdade esta:
    “Esquece a formatação das tuas pernas;
    elas não foram feitas para correr,
    mas para o caminho percorrer.”

    É sempre bom saborear a vida com mais calma…

    Beijos

  8. Marilene diz:

    Dulce, todos percorremos caminhos. Precisamos entender que a qualidade de nossos passos não está em maior ou menor agilidade, mas na opção que nos é mais adequada . Bjs.

  9. Dulce, eu havia salientado um trecho que me chamou a atenção, mas de repente eu senti tanto esse poema que posso dizer que ele agiu inteiramente em mim. Maravilhoso o efeito dele.
    Mereces um beijinho pelo talento,
    Manô

  10. Prezada Dulce Morais, teu poema é tão bonito e tocante que inspira qualquer coração e assim faço meu comentário:

    Que belo poema o teu
    Que numa passagem do tempo
    Cumpre tudo que nos prometeu
    Proporcionando mais que um passatempo

    Parabéns! Gostei muito do seu “cantinho”. Voltarei, pode ter certeza. Grande abraço e mais inspiração para que nos deleite com obras do mesmo quilate.
    Robert Thomaz

  11. Sissym diz:

    Dulce,
    excelentes sequencias do poema, dá mobilidade, ele fluiu, falando das veredas estreitas da vida, que muitas vezes não adianta correr e sim andar. Alias, eu, andando consigo deixar a mente voar e acalmar.

    Beijois

  12. Iza diz:

    “Escuta a melodia da vida
    antes que a amargura te preencha.”

    Dulce o poema me preencheu bastante, mas esta parte ecoou em mim. Não escutava a melodia da vida, hoje, paro e escuto sempre.

    Obrigada pelo carinho da sua companhia.

  13. Muito bonito! Muitas vezes a correria é tanta que esquecemos de olhar pra dentro de nós e atender o chamado do coração.
    “Faz as escolhas que te dita o peito”- Linda reflexão.

  14. “sonhas em realizações falhadas,” e depois o arrependimento guardado na memória, bateu em cheio Dulce. Tenho momentos desses, recorrentemente. Gostei muito. Beijinhos. Mia

  15. Dulce,
    Sim, só o instante existe.

    =)

  16. “porque é mais fácil correr que parar
    para olhar-te no espelho da vida.”
    “Não vês tu, ó cego, que a paragem é necessária?”

    Quando não paramos, não olhamos e muito menos refletimos sobre nosso caminhar nesse planeta , nossa evolução será nula.

    Dulce ,parabéns por essa cutucada poética.
    Bjs no seu coração

    • Querida Clau,
      Ter a sua presença aqui é, em si, uma grande felicidade.
      Saber que gostou destes versos é outra.
      Ser sua amiga é um encanto incomparável!
      Muito obrigada!

  17. Isa Lisboa diz:

    Por vezes corremos desenfreadamente, apenas para não nos deixarmos perceber a nós mesmos o quanto estamos parados…!
    Belissímo poema, Dulce, que nos faz parar para pensar 😉
    Beijinho

  18. Leandro Monteiro diz:

    Bela canção. Meu lembro um pouco trechos de “I’m only sleeping” dos Beatles. O ritmo do texto, as contradições entre a busca por um desejo e os meios para alcança-los sem reflexão, sem perceber se são possíveis e trarão a satisfação necessária para se ter o que se necessita e não para preencher um ilusão não pensada (só imaginada). Perfeito, adorei esse canto sobre o homem contemporâneo.

    • Leandro,
      Como sempre, os seus comentários são um bálsamo para a alma…
      Admito não ter escrito este poema ouvido música, mas conheço bem “I’m only sleeping”. Fico feliz que tenha gostado!
      Muito obrigada!

Obrigada pelo vosso comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s