Possibilités

Art: Alkistis Wechsler

Art: Alkistis Wechsler

Possibilités

Le murmure hurle à travers l’espace;
c’est une supplique à peine audible,
un silence légèrement brisé,
un cataclysme qui s’annonce
sans étourdissement,
avec résignation.

Personne n’entend.

L’insignifiance semble misérable.
C’est un être à peine visible,
une créature quelque peu perdue.
La voix de la délivrance
qui pourrait éviter ce qui semble irréversible.

Personne ne voit.

La réponse est dans le sentir,
celui que l’on ne peut expliquer,
qui s’érige, telle une évidence,
pour signaler son immanquable présence.
Encore faut-il s’arrêter,
toucher du doigt l’impalpable
pour savoir sa présence.

Personne ne sent.

On entendra dire plus tard,
dans le futur encore inimaginable,
qu’il y eut une voix étouffée
par les foules avides d’échappatoire.
Ce fut à peine une parole,
un être indésirable, un sentiment refoulé,
qui auraient pu – devine-t-on –
transformer ce qui est.

Personne ne sait.

Dulce Morais

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas . ligação permanente.

21 respostas a Possibilités

  1. mochiaro diz:

    Entendo como sussurro uma forma muda de expressar um sentimento, uma palavra.
    Diria como você em sua poesia um grito através do espaço.
    Como o espaço é infinito reforço o segundo verso quando diz… inaudível.
    O sussurro é um toque de dois sentidos… um beijo sensual em um dos ouvidos.
    Realmente foste feliz ao dizer … Ninguém ouve.

    E de sentido em sentido você vagueia na audição, na visão e digamos o tato.
    No silêncio aparente cria imaginação de uma ausência ou de um grito para dentro de si.
    Seria o olfato onde o “perfume” exala de encontro a um sentimento
    Um toque, uma agonia, um descontrole.
    Uma coisa pessoal; uma presença dois em um; um sopro “caliente”
    Um segredo que irá perdurar egoisticamente através do tempo.
    UM POTENCIAL … NINGUEM SABE!
    mochiaro
    Um beijo

    • Mochiaro,
      A sua compreensão do sentido destes versos é perfeita!
      O murmúrio ecoou, mas ninguém ouviu e quando já era demasiado tarde, já ninguém sabe se o que se tornou inevitável sempre o foi…
      Obrigada pela sua presença aqui e pelo tão completo e sensível comentário!
      Bjo!

  2. +Palavras ao Vento diz:

    Très belle, Dulce!

  3. Un murmure souffle moi… très agréable … très bien … très bien …

    Gr. Bj. minha querida!

  4. Ah! Se todos os sussurros pudessem ser ouvidos, se todos os gestos fossem alcançados à luz do entendimento, da bondade, se os corações abraçassem causas e sentimentos alheios, em fim, se o amor e a ternura tocassem gentilmente cada ser , haveriam possibilidades…- Mas estamos cegos surdos e cada vez mais, estamos mudos e presos em casulos, no anonimato.

    Dulce não sei ao certo se consegui, mas foi esta a mensagem que seu poema me passou e achei linda.
    Um abraço.

    • Louridinha,
      Conseguiu captar a mensagem sem dificuldade e sem falha!
      O problema não é a voz que não se houve, nem os gestos que não se vêem. Nem mesmo o saber que nos escapa… talvez ele resida na impossibilidade de voltar atrás quando já será tarde demais para mudar o que foi feito…
      Muito obrigada pela sua presença!
      Abraço!

  5. +Palavras ao Vento diz:

    Gostar de sues textos não é nenhuma novidade, Dulce!
    Mas, além disso, estou indicando-a para um ‘BIS’!
    Ver aqui: http://e-p-gheramer.com.br/blog.html/

  6. Dulce, é definitivo: você agora você é poeta em todas as línguas

  7. Dulce,

    Diz a canção que tristeza não tem fim, felicidade sim. Mas é hipérbole. A tristeza dos versos desse teu poema, passarão com a felicidade perene do que se vai percebendo da vida.

    fraterno abraço
    Marcos

    • Marcos,
      Passará talvez a tristeza… mas quem poderá dizer se o mundo ainda o permitirá…
      (apenas continuando na mensagem do poema)
      Muito obrigada pela sua presença!
      Abraço!

  8. Dulce, seja em que língua for, as palavras poéticas têm sempre eco… 🙂

  9. Dulce, querida. Aquela ideia do tradutor para pegar o sentido funcionou. Achei lindo o: Ninguém ouve, ninguém vê, ninguém sente…ninguém sabe.
    Je suis terrible, kkk!
    Um beijo,
    Manô

Obrigada pelo vosso comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s