Curvas

Arte: Eleatta Diver

Arte: Eleatta Diver

Curvas

Nasci agora
ou será repetição?
Talvez ilusão

No mar afundei
sonhos outrora puros.
Barcos de papel

Voltou a onda
devolver a esperança
no sal crescida

No rosto corre
o silêncio da maré
num sopro d’alma

Já não sei quem sou.
A areia transformou
o que pensei ser

A ti entrego
os destinos possíveis
jamais escolhidos

Estendo a mão
sobre a rocha sentada.
Futuro sonho

Dulce Morais

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , . ligação permanente.

Obrigada pelo vosso comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s